Aquecimento Global - O Vídeo da BBC PDF Imprimir E-mail

Mário Porto

Já tive oportunidade de me manifestar contra a febre de casos tipo Teoria da Conspiração que vemos hoje em dia espalhados pela Internet. Parece que a facilidade com que nos comunicamos hoje também facilita a disseminação de lendas urbanas e conspirações dos mais variados tipos. É preciso muito cuidado e critério ao lermos fatos com aspecto conspiratório na Internet. Toda informação precisa ser verificada e observada através de fontes independentes.

No entanto, deparei-me recentemente com um relato que tem todas as características existentes nas teorias conspiratórias, mas é um documentário com uma lógica tão cristalina e suportada por tantas autoridades científicas de renome que vi razões firmes para crer em sua argumentação ou pelo menos para realimentação do debate. Em vista disto postei imediatamente o filme no blog da MPHP para compartilhá-lo com nossos visitantes. (para acessar as outras partes basta trocar o número da parte no link [1-9])

Curiosamente é uma produção documental que, justamente, desmonta uma realidade constantemente alardeada pela mídia; o Aquecimento Global tendo como maior causador a atividade humana.

Trata-se de um vídeo produzido por Martin Durkin e veiculado pelo canal 4 da BBC intitulado The Great Global Warming Swindle (A farsa do Aquecimento Global) que apresenta uma série de cientistas sustentando que a hipótese básica da responsabilidade humana pelo aquecimento global estaria errada. Segundo os cientistas que suportam o documentário o CO2 não seria o vilão do aquecimento, na verdade um acontecimento cíclico, principalmente, relacionado com as atividades solares.

O documentário foi apresentado na BBC em 4 de março de 2007 e logo nos dias que se seguirão já foram apresentadas algumas contestações.

Dois eminentes cientistas britânicos questionaram a precisão científica do programa do Canal 4 que alega que as premissas do aquecimento global não são nada além de uma conspiração.

O Dr. Armand Leroy do Imperial College e Simon Singh respeitável autor científico solicitaram alguns esclarecimentos de dados científicos não muito bem esclarecidos na argumentação do programa.

O Dr. Leroy estava particularmente preocupado sobre o segmento do vídeo que apresentava uma correlação entre a atividade solar e as temperaturas terrestres que, segundo ele, foi baseada em um trabalho de 1991 no periódico Science escrito por Eigil Friis-Christensen. Ele se mostrava surpreso de que o programa deixasse de mencionar que enquanto os dados parecem superficialmente convincentes eles já haviam sido demonstrados falhos numa pesquisa subseqüente de Peter Laut.

Por outro lado, a participação do professor de oceanografia Física Carl Wunsch do Massachusetts Institute of Technology foi contestada pelo próprio afirmando em carta ao editor do programa que a edição feita no filme comprometia sua reputação cientifica pelo uso de uma afirmação distorcida, fora do contexto implicando que o CO2 seria inteiramente natural vindo dos oceanos sendo o elemento humano irrelevante. Segundo Wunsch o uso da citação, que fora literalmente o que ele teria dito, beirava à fraude.

Outro dado a ser considerado é a reputação do autor do documentário, Martin Durkin, que já esteve envolvido numa grande polemica por causa de outros documentários, desde os alimentos geneticamente modificados até aos supostos benefícios para a saúde das mulheres por causa dos implantes mamários de silicone. Sobre este documentário do aquecimento global, e na conseqüente polemica na qual os cientistas britânicos citados acima contradizem algumas da informação reveladas no documentário, Durkin trocou emails violentos e de extrema má educação.

O que parece claro com estas manifestações é que embora possa haver exagero na teoria do aquecimento global, facilitando a distribuição de fundos entre os cientistas envolvidos, também parece haver exageros na manifestação contrária e até utilização se não fraudulenta pelo menos tendenciosa de dados científicos.

Trackback(0)
Comentarios (7)add
É farsa sim
escrito por Anti-aquecimentista , 14 setembro 2007
CONTRA A TESE DO AQUECIMENTO GLOBAL ANTROPOGÊNICO

É certo que o "consenso científico" é MENTIRA:

http://www.midiaindependente.o...4113.shtml

http://www.jornaldaciencia.org...p?id=48404

http://www.midiasemmascara.com...p?sid=5869

http://www.midiasemmascara.com...p?sid=5930

http://www.midiasemmascara.com...p?sid=5953

http://www.midiasemmascara.com...p?sid=5972

É certo que cientistas que não creem no aquecimento global antropogênico foram falsamente citados como defensores dele:

http://resistir.info/climatolo..._rev2.html

É certo que os dados históricos sobre CO2 foram manipulados pelo IPCC:

http://portugues.larouchepub.c..._gore.html

É certo que o IPCC utilizou métodos duvidosos para refazer um gráfico histórico de temperatura:

http://resistir.info/climatolo...atica.html

É certo que os "verdes" tem usado sistematicamente de exageros e invencionices para obter poder político:

http://www.midiasemmascara.com...p?sid=5988
report abuse
vote down
vote up
Votes: +0
enfim
escrito por maristela , 14 setembro 2007
que bom que não estou paranóica. sempre acreditei que por trás de tanta insistência sobre a responsabilidade humana na degradação ambiental havia interesses outros - e quando não há? abraços

report abuse
vote down
vote up
Votes: +2
Dados para renovar a crença do Sr. Mário porto
escrito por Rodrigo Bezerra Freitas , 04 outubro 2007
Caríssimo Sr. Mário Porto,

Conheci e aprecio muito suas inteligentes considerações a respeito de temas diversos. Gostaria, como cientista (Físico - UFES), de tentar resgatar seu engajamento nessa bela "campanha humanitária" engajada por esse precioso documentário da BBC.

Primeiro: é previsível e natural que surjam pessoas renomadas criticando o documentário. Ninguém é perfeito. Até Einstein cometeu erros. É possível que haja detalhes técnicos equivocados ou fontes usadas equivocadamente. Provavelmente não há a total "precisão científica". Contudo, se o senhor rever cuidadosamente o documentário, verá que a correlação entre a atividade solar e as temperaturas terrestres (coração do documentário), não foi baseada apenas no trabalho de Eigil Friis-Christensen; há diversas outras fontes independentes citadas. Então, esse detalhe não desqualifica essa grande descoberta científica.

Segundo: alegar que esse documentário, feito por mais de uma dezena de eminentes Professores e Doutores, riquíssimo em detalhes e com fontes independentes e bem identificadas de dados não passa de "uma teoria de conspiração" é uma total falta de bom senso. Comparar esse documentário com lendas urbanas fundadas em boatos sem fontes confiáveis ou não identificadas é pecado contra o bom senso e a análise científica dos fatos.

Terceiro: a constestação do Prof. Carl Wunsch é relativa a um detalhe da sua fala, capricho de cientista perfeccionista. Fica claro no documentário, apesar desse detalhe quase desapercebido, que o CO2 não procede inteiramente dos oceanos; aliás há um trecho enfatizando a procedência das emissões vulcânicas e dos organismos vivos em geral. Enfim, essa reclamação do Prof. Wunsch não altera em nada as conclusões do documentário.

Quarto: o documentário é feito por mais de uma dezena de eminentes Professores e Doutores no assunto, incluindo também Patrick Moore, co-fundador do Greenpeace. Não creio que houve e não percebi dirtorções incluídas pelo diretor Martin Durkin, excetuando a referida reclamação do Prof. Wunsch. Portanto, o seu caráter polêmico ou condutas profissionais duvidosas, ao menos dessa vez, renderam-se à importância do tema e ao poderio intelectual dos cientistas que explicaram e narraram os fatos.

Caro Sr. Mário Porto, a "conspiração" está em Al Gore e em toda a máquina bilionária usando dados científicos erróneos (erros comprovados por várias fontes independentes) para promoção política e freio no países sub-desenvolvidos.

Espero sinceramente que o Sr. reveja sua posição e dê um peso a mais para essa causa que é humanitária. Um terço da população do planeta não tem acesso à eletricidade e a poluição mais fatal não é a da queima de combustíveis fósseis e sim a da queima em recinto fechado de madeira para suprir essa própria falta de eletricidade.


Cordiais e respeitosas saudações,


Rodrigo Bezerra Freitas.

report abuse
vote down
vote up
Votes: +1
...
escrito por Mario Porto , 04 outubro 2007
Prezado Rodrigo Bezerra

Primeiramente agradeço sua considerações sobre minhas participações.
Em segundo lugar, na verdade, eu não acho que tenha considerado esta abordagem sobre o Aquecimento Global como uma conspiração.
Pelo contrário, coloquei explícito que embora sentisse os contornos usuais de uma teoria conspiratória o relato de inúmeros cientistas merecia atenção.
Suas explicações vêm corroborar isto e acho que estão suficientemente claras especificamente no seu primeiro item quando você admite a ocorrência de imprecisões científicas.
Hoje, com a facilidade e velocidade das comunicações, por incrível que possa parecer, é mais fácil propalar um mito.
Acho sim, que este documentário deve ser levado à sério e vejo muito mais motivações de ganhos financeiros entre aqueles que defendem o aquecimento global do que nos autores do documentário.
Obrigado por sua excelente participação.

Mário Porto
report abuse
vote down
vote up
Votes: +1
Peço minhas desculpas e peço seu apoio!
escrito por Rodrigo Bezerra , 08 outubro 2007
Caríssimo Mario Porto,

Li com mais atenção sua postagem e peço minhas desculpas por ter pensado que "A Farsa do Aquecimento Global" era só mais uma teoria de conspiração.

No entanto, o senhor há de convir que seu artigo é resume-se em uma crítica ao documentário.
Basta nos atermos à sua conclusão, o último parágrafo:
"embora possa haver exagero na teoria do aquecimento global..."

Mário, não se trata de "possa haver". Há exagero. Há distorção de dados científicos. Há FRAUDE, por parte de Al Gore.
Não subestimo a inteligência de Al Gore. Então, concluo que há má fé por parte dele.

A "facilitação de distribuição de fundos entre os cientistas" é uma das facetas menos importantes do problema. O problema maior é que 1/3 da humanidade não tem energia elétrica e essa mentira de disseminar que o CO2 é poluente só piora as chances desse 1/3 da humanidade.

O senhor, nesse último parágrafo escreveu "parece haver exageros na manifestação contrária..."

Meu caro, assista, pesquise e conclua!
Ou o senhor publique "há exageros", ou publique "não há exageros", ou publique "não sei". Mas, publicar "parece haver" não soma.

Um dos objetivos do MPHP é explicar mitos.
Ou o senhor avalia que o vídeo do Al Gore é um mito ou avalia que esse da BBC é um mito.
Ficar em cima do muro, indiretamente dizendo que "ambos têm defeitos"... ou seja: são iguais, é cômodo.

Não creio que o seu objetivo com o MPHP seja a comodidade.
Peço que assuma um lado do muro para assentar-se.

Sou Físico e contribuo como posso. O senhor tem o meu e-mail e estou à disposição para sanar dúvidas técnicas em minha área.


Enfatizo minhas desculpas e reforço minha admiração,


Cordiais e saudosas saudações,


Rodrigo Bezerra.


report abuse
vote down
vote up
Votes: +2
Muro?
escrito por Mário Porto , 08 outubro 2007
Realmente Rodrigo, você não tem meias palavras.

Se eu tivesse como política ficar em cima do muro não teria criado a MPHP e tratado temas polêmicos como tratamos e nem teria o galardão de primeiro site racionalista na internet brasileira. Acredite, é muito mais difícil assumir posição anti-religiosa neste país do que escolher um lado à favor ou contra a teoria do Aquecimento Global.

Não se trata de comodidade, são dúvidas mesmo. Se cientistas e físicos como você têm dúvidas porque eu não teria, sou apenas um engenheiro curioso. Não acredito que todos os que defendem o aquecimento global estejam de má fé. Existem cientistas que realmente acreditam na teoria e eles têm background científico para ser defendido.

Este vídeo tem o mérito de reabrir este debate e é neste sentido que fiz a minha crítica. Concordo com você, CO2 não é poluente e o clima na Terra é um fator dinâmico. A 1,5 bilhões de anos o que poluia a nossa atmosfera era o O2 e as bactérias resolveram isto para nós fixando a porcentagem nos 21% que se mantém em equilíbrio até hoje o que contribui para nosso ambiente ser "biofriendly".

Não estou em cima do muro, tenho inclinações para acreditar que realmente esta teoria do aquecimento global é uma fraude, mas ainda não estou inteiramente convencido disto.

Desculpe minha ignorância científica. Conto com seu conhecimento científico para tornar isto mais claro na própria MPHP. Então, estaremos realmente contribuindo para o debate.

Mário Porto


report abuse
vote down
vote up
Votes: +2
...
escrito por Jader , 29 outubro 2010
Olá Mario Porto, tento ler tudo na medida do possível p/ entender melhor tudo ao redor de muitas mentiras que nos é passado pela mídia. Engolimos sem pesquisarmos, eu tento ir até encontrar resposta do que acho não ser informação correta, e são somente para iludirmos. Gostei da sua colocação sobre assunto e quando você diz ant-religioso bateu c/ que penso. Sou muito criticado pela minha afirmação de não seguir uma religião mas, tenho a confirmação pelo estudo que faço da vida fora da matéria, de que está tudo errado desde sempre. CO2 que somos composto e falerem na midia que a culpa é dos hatitantes é no mínimo querer nos enganar facilmente.
report abuse
vote down
vote up
Votes: +0
Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

security image
Escreva os caracteres mostrados


busy
 
< Anterior   Seguinte >

Recomendar a MPHP

Fala para um amigo Seu nome:

Seu e-mail:

E-mail do seu amigo: