Poundstone, William, Prisioner's Dilemma PDF Imprimir E-mail
 

Mário Porto

William Poundstone consegue transformar um tema bastante especializado, objeto da Teoria dos Jogos, em um texto de fácil leitura e entendimento remetendo o leitor através do Dilema do Prisioneiro aos principais problemas da sociedade humana. As tragédias da história, conforme nota Poundstone, não são os desastres naturais, mas aquelas criadas pelo homem, as conseqüências de indivíduos ou grupos tomando ações contrárias ao bem comum.

O raciocínio é muito abrangente como, por exemplo, deixar ou não uma nota no pára-brisa de um carro quando você bate em um estacionamento e está certo de que ninguém observou.

Você deixaria uma nota com seu telefone e endereço?

Você se lembraria que embora possa estar economizando um bom dinheiro, o ato de não deixar representa um aumento nos custos das apólices de seguro para todos os segurados, inclusive você?

Isso caracterizaria a existência de um "free rider" - alguém que consome mais do que a parcela de recurso que lhe seria destinada.

Não estamos no Brasil vivendo uma era de excesso de "Free Riders"?

A Teoria do Jogos deslumbrou os matemáticos na metade do século passado a partir do livro de 1944, Theory of Games and Economic Behaviour de Von Neumann e Oscar Morgenstern. Teve seu apogeu no pós-guerra e uma década após a publicação do livro começou a ser depreciada com as condenações se separando em duas grandes categorias: a que considera a teoria dos jogos um exercício maquiavélico para justificar a guerra ou atos imorais; e a que considera a teoria dos jogos algo inútil para o mundo real. (A validade puramente matemática da teoria dos jogos nunca foi colocada em questão.) Poundstone considera que as duas visões merecem ser analisadas. O livro de Poundstone alia explicações simples da teoria dos jogos com problemas sociais comuns abordados tendo como pano de fundo a Guerra Fria e a corrida armamentista nuclear e aborda o desenvolvimento da teoria dos jogos a partir de 1980 no estudo da biologia e na sociologia.

Juntamente com a teoria dos jogos e o dilema do prisioneiro o livro nos leva à intrincadas negociações e pensamentos de cientistas, políticos e filósofos durante uma fase crucial do desenvolvimento de nossa civilização quando o fantasma da destruição nuclear ameaçava nossa existência. Figuras como Von Neumann, John Nash, Edward Teller, Openheimer e Bertrand Russel desfilam suas idéias em um períodos bastante conturbado das relações internacionais, especialmente, entre o Este e o Oeste. Não é sem razão que o sub-título do livro é: John Von Neuman Game Theory, and the Puzzle of the Bomb.

O livro apresenta entremeado com a teoria dos jogos uma fascinante biografia de seu fundador, o cientista húngaro Von Neumann considerado por muitos como a mais brilhante mente do século. Os assuntos técnicos são tratados da forma mais clara possível permitindo o acompanhamento  mesmo para pessoas não versadas em matemática avançada.

A MPHP recomenda veementemente a seus visitantes o Dilema do Prisioneiro de William Poundstone. Não tenho conhecimento de edições em português, embora saiba da existência de edições em língua espanhola.

Trackback(0)
Comentarios (1)add
...
escrito por Cátia Cristina Franzini , 28 novembro 2007
muito bom, utilizo informações a nível de conhecimentos vou procurar O Dilema do Prisioneiro em Espeanhol
grata
report abuse
vote down
vote up
Votes: +0
Escreva seu Comentario
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
smaller | bigger

security image
Escreva os caracteres mostrados


busy
 
< Anterior   Seguinte >

Recomendar a MPHP

Fala para um amigo Seu nome:

Seu e-mail:

E-mail do seu amigo: